top of page
  • Foto do escritorIBMA

ANTÔNIO NETO

Paulo se encontra em uma prisão, onde ele ora e busca ao Senhor, atingindo o ápice de seu entendimento teológico. É importante entender que aquilo que o Senhor nos concede não é apenas para o nosso crescimento pessoal, mas para a edificação de outros. No capítulo 3, Paulo ora não por si mesmo ou por libertação, mas intercede pelos outros.

Cinco petições de Paulo pela igreja:



  • Poder de Deus O poder de Deus sobre nós nos capacita a fazer o que é necessário para alcançar outros.


  • Habitação de Cristo em nossos corações Estar e habitar são conceitos diferentes. Um hóspede, embora esteja na casa, não tem autoridade para mudar os móveis de lugar, apenas o proprietário. Assim, Deus deve habitar em nossos corações como o Dono.


  • Aprofundamento no amor fraternal Raízes e alicerces são o que nos sustentam e fortalecem nos dias de tempestade. E é através dos nossos irmãos que somos consolidados como corpo e família. Somos um corpo e uma família, e devemos nos importar com o bem-estar daqueles ao nosso redor.


  • Compreensão do amor de Cristo Só conheceremos plenamente o amor de Cristo em comunhão. Nada pode ser alcançado sozinho.


  • Plenitude de Deus Mesmo em tempos de desafios ou problemas, este é o momento.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page